Surfari | SurFest 2016 – Review SurFest 2016 – Review | Surfari

SurFest 2016 – Review

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

Sinceramente, por melhor que tentemos nada será capaz de descrever exatamente o que foi o SurFest 2016. Até agora parece que estamos suspensos no sonho que começou a anos atrás. Um dia de praia melhor do que qualquer encomenda com um alinhamento de astros, ondas e clima. Conseguimos construir junto com o público, as barcas, as bandas, as marcas, o staff um evento marcado por uma sensação geral de bem estar. Uma incrível conexão de milhares de pessoas como o propósito de exaltar a união e as experiências positivas proporcionadas pelo surf.

Surfest_Vicente Lang Praia de Atlântida lotada durante o SurFest © Vicente Lang / Wild Industry

Cada segundo e cada gota de suor dedicada a esse evento nos faz sentir muito orgulho do resultado. E também fortalece muito uma crença que sempre tivemos: se mais pessoas surfassem, o mundo seria um lugar melhor. Abaixo tentamos resumir, ao máximo, toda essa experiência absurda que tivemos.

No último sábado, dia 20 de fevereiro, o SurFest reuniu 8 mil pessoas na beira da praia de Atlântida com mais de 24 horas de atrações entre campeonatos de surf, shows ao vivo e a festa de encerramento.

Surfest_VicenteLang03Praia de Atlântida lotada durante o SurFest © Vicente Lang

Realizamos um sonho que começou a partir há 2 anos com o objetivo de homenagear a cultura do surf gaúcho. O SurFest, um festival de praia que reuniu um campeonato de surf, feiras, exposições de arte e shows, lotou à beira da praia durante o dia inteiro. Com patrocínio de Corsan e Corona, e apoio de PowerLight Surfboards, Trópico e Prefeitura de Xangri-lá, uma grande estrutura foi montada na areia para receber o público, com palco e palanque de jurados e inúmeras tendas de marcas parceiras e das equipes que participaram das competições que integraram equipes femininas, masculinas e mistas.

Surfest_Foto Bruno NervaAmanhecer de Atlântida © Bruno Nerva / MOCA Digital

O evento começou as 8h da manhã, com um campeonato entre os surfistas locais com participação de 16 atletas. Athos Silva foi quem levantou o primeiro troféu do dia, seguido de perto por Paulo Lobato e Leandro Lens.

Surfest_LeticiaZluhanCompetidores do campeonato de locais saindo da água © Bruno Nerva / MOCA Digital

Em seguida, começou a principal atração do SurFest, um campeonato entre barcas. 16 grupos de amigos que sempre encaram juntos a estrada rumo ao litoral, característica comum entre os surfistas do RS, formaram seus times para participarem da competição. Cada barca, que possuía um nome, identidade visual e uma tenda própria na beira da praia, foi composta por 4 pessoas, que eram inscritos nas categorias Surf Performance, Surf Retrô, Surf Fantasia e Fotografia de Surf.

20_SurFest © Leticia ZluhanParte das tendas armadas para as barcas na praia © Letícia Zluhan

Um dos pontos altos do festival foi o momento que a categoria Surf Fantasia entrou na água. Participantes com as mais diversas fantasias, de Hee-man ao padre do balão, desfilaram por um extenso corredor feito pelos expectadores até o mar. O participante da barca Goldens, vestido de gorila, levantou o público ao entrar no mar de atirando da plataforma de pesca e passando por debaixo dela surfando, ficando com o terceiro lugar. Quem ficou com o primeiro lugar na bateria foi Matheus Pinós, da barca Polenta Storm de Caxias do Sul, vestido de viticultor, com parreiral e tudo. O segundo lugar ficou com a Miss Colômbia, da Flower Power, uma das barcas femininas da competição.

SurFest © Leticia Zluhan 06O padre dos balões, Eduardo Tusi (barca Resting Bird)  © Letícia Zluhan


Surfest_LeticiaZluhan02Marcelo De Marchi (barca Demônios da Garoa) na categoria Surf Fantasia na água © Vicente Lang / Wild Industry

SurFest © Leticia Zluhan 07Frederico Lincoln (barca T-Rex) na categoria Surf Fantasia  © Letícia Zluhan

Surfest_LeticiaZluhan04O vencedor da categoria Surf Fantasia, Maheus Pinós (barca Polenta Storm)  © Luciano Lodi

Surfest_ Leticia Zluhan 08Dilma (Junior Schneider – barca Atl Surf) e Vaca (Bruno Kranz – barca Old is Cool)/ © Leticia Zluhan

12783636_198627210497309_6028393010946623114_oMiss Colombia (Barca Flower Power)/ © Leticia Zluhan

A competição também envolveu fotógrafos, que registraram o evento e escolheram 2 fotos para serem julgadas por especialistas. Vicente Lang, da barca T-rex, foi o grande vencedor, seguido de perto por Giovanna Buarque, fotógrafa da barca Amulet, outra barca feminina. Nas outras categorias, os vencedores foram Renan Osório, da barca Resting Birds (Surf Performance) e Tomas Ferreira, da barca Goldens (Surf Retrô). O mar, em excelentes condições, garantiu um espetáculo a parte

SurFest © LucasBrandao 06Octavio Sehbe (barca Polenta Storm) entubando durante SurFest © Lucas Brandão

Surfest_ Leticia ZluhanMozart Tupi, representante da categoria Retrô da barca Return / Vicente Lang

A grande campeã foi a barca Resting Bird, com 7290 pontos, apenas 200 a mais que a segunda colocada, Goldens. Ao todo, 80 atletas participaram das duas competições do SurFest. O evento ainda teve feirinha com marcas expondo seus produtos, espaço de arte com pinturas em pranchas e shows das bandas New Age Travellers, Good Samaritnas e Tonho Crocco, encerrando um agradável dia de praia. Para fechar o festival com chave de ouro ainda foi feita uma festa no Casa Verde, boate na Avenida Central de Atlântida.

Surfest_Bruno NervaResting Bird, barca vencedora do SurFest 2016 © Bruno Nerva / MOCA Digital

SurFest © Leticia Zluhan 07Banda Good Samaritans após apresentação © Johnny 420

 

69._SurFest © Leticia ZluhanPúblico assistindo a premiação do SurFest 2016 © Letícia Zluhan

Todo o registro e cobertura dessa edição podem ser acompanhadas na página no Facebook: facebook.com/SurFest2016.

Resultado campeonato de locais:
1º LUGAR: Athos Silva
2º LUGAR: Paulo Lobato
3º LUGAR: Leandro Lens

Resultado final do campeonato de barcas:
1º LUGAR: Resting Bird (7290 pontos)
2º LUGAR: Goldes (7096 pontos)
3º LUGAR: Polenta Storm (5804 pontos)
4º LUGAR: Demônios da Garoa (5612 pontos)
5º LUGAR: T-Rex (5610 pontos)
6º LUGAR: Castelinho (4986 pontos)
7º LUGAR: Salty Warriors (4968 pontos)
8º LUGAR: Return (4940 pontos)
9º LUGAR: Amulet (4928 pontos)
10º LUGAR: La Isla (4910 pontos)
11º LUGAR: Flower Power (4746 pontos)
12º LUGAR: ATL Surf (4530 pontos)
13º LUGAR: Surfaholic (4406 pontos)
14º LUGAR: A la derecha (4368 pontos)
15º LUGAR: Old is cool (4264 pontos)
16º LUGAR: NTL Crew (4218 pontos)

Obrigado por tudo e até breve.

Instagram