Surfari | Namorada de Surfista – Roteiro Namorada de Surfista – Roteiro | Surfari

Namorada de Surfista – Roteiro

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

ROTEIRO LOS ROQUES

OUTUBRO/2013

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

-Dólar Hoje: www.dolarhoje.com

-Cotação Dólar Paralelo na Venezuela: www.twitter.com/chavezparalelo

-Grupo com dicas sobre Los Roques, no facebook (muito bom): www.facebook.com/groups/losroques

-Alta Temporada: de dezembro a fevereiro, carnaval, semana santa e de julho a agosto

-Fuso Horário: menos 02:30 horas do horário de Brasília

-Tipo de Tomada: dois pinos chatos

-Voltagem: 110V

-Média de Temperatura: 30º

-Média Temperatura da água: 26,5º

O QUE LEVAR:

-No voo para Los Roques, devido ao tamanho do avião, é permitido bagagens de apenas 10kg por passageiro. Parece pouco, mas não é. Levar uma roupa mais arrumadinha caso vá em algum restaurante em Caracas para jantar na primeira noite. Para Los Roques: biquíni, saída de praia, escova de dentes, fio dental, chinelo, snorkel, pé de pato, sapatilha para caminhar nos corais, pijama e roupas leves. Pelo preço, vale a pena comprar tudo lá, protetor, shampoo, sabonete. Não esquecer do repelente!

COMO CHEGAR:

-Até Caracas: Comprando com antecedência pela TAM e pela GOL é possível fazer um ótimo negócio comprando com milhas. Pagamos 20 mil milhas ida e volta + taxas, por pessoa. Sem milhas, nas minhas pesquisas os preços variavam de R$1119 até R$ 2600 por pessoa, dependendo da época e da antecedência da compra.

-De Caracas para Los Roques, existem duas cias aéreas:

1. AEROTUY ou LTA (www.tuy.com) – O avião parece ser mais “tradicional”, apesar de pequeno. Entretanto não consegui reservar do Brasil sem fazer depósito. O orçamento que me foi passado por pessoa foi $ 3697 bolívares. O problema de pagar no cartão de crédito do Brasil para efetuar a reserva é que a cotação do dólar oficial é muito cara quando comparada com o paralelo.

Por exemplo:

$ 3697 no câmbio oficial (1:6) em outubro de 2013 seria equivalente a U$616 por pessoa sem taxas

$ 3697 no câmbio paralelo (1:46) no mesmo mês seria equivalente a U$80 por pessoa sem taxas

O segredo para uma viagem barata é não pagar nada no cartão, tentar pagar tudo o que for possível lá, em cash, após negociar no câmbio paralelo.

2. CHAPI AIR (reservacioneschapiair@gmail.com) – Nossa querida van com assas. Quando vi o tamanho do avião, entendi o porquê do limite de bagagem. Cabiam 8 passageiros além de piloto e copiloto. Foi a única cia aérea que consegui negociar, reservar e pagar no dia do desembarque em Caracas. Confesso que foi preciso muito Google translate, além de paciência. Troquei cerca de 15 e-mails com uma funcionária e quando estava quase desistindo, ela finalmente aceitou fazer a reserva sem o pagamento. Mesmo assim, quando chegamos no guichê para pagar acredito que se eu não tivesse os emails de negociação impressos, teria problemas com a reserva. Pagamos $4644 bolívares, ou U$116.

O voo dura de 40-50 minutos e o check in é feito com 1 hora de antecedência no aeroporto nacional.

COMO TROCAR DÓLARES NO CÂMBIO PARALELO:

Não é preciso muito esforço ou habilidade para conseguir trocar os dólares. Desde o momento em que se desembarca no aeroporto com aquela cara de turistão, é só preparar os ouvidos para escutar diversas propostas indecorosas de câmbio paralelo. Não se empolgue. Trocar apenas o necessário para chegar ao arquipélago. Troquei U$200 por (1:40). Em Los Roques o câmbio é melhor, na época em que fomos chegou a 46. Conhecemos um casal que trocou a 50 em Isla Margarida. Como fizemos amizade com um venezuelano no avião, trocamos com ele mesmo, mas acredito que seja mais seguro pedir para o motorista da van hotel indicar alguém de confiança para fazer o câmbio do que trocar no meio do saguão do aeroporto. Sempre entregar a nota de dólar apenas quando já tiver conferido os bolívares. Tirar foto da nota de dólar antes de trocar ou levar 5 notas de 20 dólares grampeadas, para que não sejam trocadas por notas falsas durante a negociação.

Tudo parece um pouco assustador dito dessa forma. Todo cuidado é pouco, mas no nosso caso não tivemos problema nenhum.

Em Los Roques, fazer uma pesquisa de cotação nos estabelecimentos comerciais antes de trocar.

CÂMBIO OFICIAL EM JULHO DE 2013: 1U$:7Bf

CÂMBIO PARALELO EM JULHO DE 2013: 1U$:30Bf

CÂMBIO PARALELO EM OUTUBRO DE 2013: 1U$:40Bf

CÂMBIO PARALELO EM NOVEMBRO DE 2013: 1U$:50Bf

ONDE FICAR:

Em Caracas:

Na ida ficamos em um Hotel super simples. Muita gente que ficou lá não gostou. O nome é Catimar (www.hotelcatimar.com/reservations) e custou $580 bolívares, ou U$14,5. Para nós foi ok, limpo, barato e com trasnfer aero-hotel-aero incluso, o que nos poupou dinheiro e energia para negociação. Recomendo que entrem no site e verifiquem se a necessidade de conforto e beleza individual de vocês permite uma noite lá. Realmente vai variar de pessoa pra pessoa. Como somos sem frescura, optamos pela economia.

Na volta de Los Roques algumas pessoas nem param em hotel, já pegam o voo para o Brasil no mesmo dia. Nós optamos por conhecer Caracas. Ai sim, ficamos em um hotel, bem localizado e mais requintado, Hotel Paseo las Mercedes (www.hotelpaseolasmercedes.com.ve). Custou $2500 bolívares  ou U$55 para 2 pessoas a noite. Bem mais caro do que o primeiro, mas como queríamos ir em bons restaurantes, que ficavam perto do hotel, acabou saindo elas por elas, já que o Catimar é super longe da cidade e perto do aeroporto. Acabaríamos gastando a diferença da diária em taxi, além de estarmos nos expondo ao risco com cara de turistão de taxi em Caracas à noite.

Em Los Roques:

Existem pousadas para todos os gostos e preços em Los Roques, desde que o gosto seja rústico. Mesmo as mais requintadas são compatíveis com a proposta da ilha. Não se pode esperar um resort estilo Cancun em uma ilha com 1800 habitantes, com ruas de areia, certo? Nenhuma pousada tem água quente. Algumas até fazem essa propaganda, mas na prática a água sempre é gelada. Não enlouqueçam: é tão quente que não há necessidade de banho quente. Há necessidade sim, de um bom ar condicionado no quarto, lençóis limpos e comida boa.

Recomendo que na hora de solicitar orçamentos nas pousadas, o façam em espanhol. Já li em relatos de outros viajantes que o preço aumenta se a negociação é feita em inglês. Quando procurei pousadas, pedi orçamento de todas as que encontrei sites na internet. Segue abaixo a relação e valores (*dica: se pagar em Bolívar, os valores diminuem mais ainda):

– GUARIPETE (U$ 125 POR PESSOA): www.posadaguaripete.com

– PIANO Y PAPAYA  (U$ 135 POR CASAL):  www.losroques.com/posada/index.php/es/posada

– LA LAGUNA ($ 3000 bolivares POR CASAL):  www.lalaguna.it/eng

– LA CIGALA (U$ 150 POR PESSOA): lacigala.com/index

– MOVIDA (U$ 120 POR PESSOA): www.posadamovida.com

Prestar atenção no que a diária inclui. Algumas oferecem café da manhã, cava (que é a térmica com tudo o que se precisa para sobreviver nos passeios e mais um pouco) e janta. Em outras a negociação da cava ou da janta é a parte.

No final, lendo dicas no grupo de Los Roques no Facebook e em blogs de viajantes, acabei descobrindo o melhor custo benefício de Los Roques, a pousada Casa de Sol. A pousada é de dois venezuelanos tudo de bom na vida! O José, que faz os melhores pratos da ilha e a Sol, que é uma rica criatura! Pousada simples, mas cheia de amor, com ar condicionado, TV a cabo e banheiro nos quartos. Até então a pousada é um pouco desconhecida por não ter site, negociei com o José pelo Facebook mesmo. Lá fizemos uma página da pousada pra eles no face: (www.facebook.com/lacasadesol). A nossa diária, com todas as refeições e a cava, custou U$40 por pessoa.

O QUE FAZER:

Em Caracas fomos em dois restaurantes maravilhosos, um de comida peruana, nosso queridinho Gaston y Astrid (astridygaston.com/en) e em um Tailandês sensacional, Barsi (www.barsithai.com/index). Também fizemos um passeio de teleférico, onde é possível enxergar toda Caracas.

Em Los Roques, a única tarefa essencial é achar o barqueiro Chichi. O melhor de todos os barqueiros. Além de levar e buscar dos passeios, como todos os outros, o Chichi nos levava para mergulhar, mostrava os bichos mais legais e acabou virando nosso amigo. Ele é tão famoso entre os brasileiros que tem até lista de espera no barco da Guaripete, que é a pousada que ele trabalha.

Todas as noites o turista decide qual ilha quer conhecer no dia seguinte e depois disso, só precisa relaxar. A pousada geralmente reserva os lugares no barco com a cooperativa de barqueiros. As passeios saem ás 9 horas da manhã e retornam as 17h. TODAS as ilhas são lindas de morrer, mas a minha preferida foi Cayo de Água. Quanto mais sol tiver, mais azul-verde fica a água. Os passeios mais caros custam $400 bolívares por pessoa. Pagamos tudo no final, para a pousada mesmo. Usamos snorkel e pé de pato todos os dias. Levamos o snorkel do Brasil, mas o pé acabamos alugando pó 50 bolívares/dia. Sempre negocie os preços, o pé de pato baixou 40 bolívares após negociação.

Além disso, se o turista tiver energia, a noite existem 3 ou 4 barzinhos na ilha. Juntamos o resto de vida que nos sobrava e fomos diversas vezes no Aquarena tomar uns drinks.

Vale a pena pegar um dia sem nuvens e subir no farol (20-30 minutos de caminhada) na volta do passeio do dia para ver o por do sol. Lindo, recomendo. Levar repelente.

Para quem gosta, Los Roques é um ótimo lugar para mergulhar com cilindro.

DICAS:

-Sempre trocar dólares. Pagar TUDO em bolívares;

-Tomar muito cuidado em Caracas. Pegar apenas taxis oficiais. Procurar o guichê dos taxis oficiais e negociar o preço antes conforme tabela demonstrativa;

-Mandar e-mail confirmando hotéis, pousada e voo com 2 dias de antecedência;

-Levar impresso os e-mails com as confirmações de reserva do voo, do hotel de Caracas, da pousada de Los Roques;

-Trocar no aeroporto apenas a quantia suficiente para os primeiros dias (em torno de 200 dólares por pessoa: Chapiair, hotel, taxis, janta, taxas de embarque e de entrada do Arquipélago). O câmbio no aeroporto sempre é mais caro;

NOSSA TABELA DE GASTOS* POR PESSOA:

*não colocamos gastos pequenos como eventuais drinks, cervejas ($20 bolívares a lata) e presentes para família.

 Voo Chapiair $4644 b – com câmbio de (1:40) = U$116
Hotel Catimar 1ª noite $290 b – (1:40) = U$7,25
Jantar Astrid Y Gaston (Restaurante Peruano – Caracas) $750 b – (1:40) = U$18,75
Taxas entrada Arquipélago $220 – (1:40) = U$5,5
Dez diárias na pousada com pensão completa U$400
10 alugueis de pé de pato $500 b – (1:46) = U$11
1º dia – Passeio para Francisquí $132 b – (1:46) = U$3
2º dia – Passeio Minitour $300 b – (1:46) = U$6,5
3º dias – Passeio para Sebastopol $400 b – (1:46) = U$8,7
4º dia – Passeio para Cayo de água $400 b – (1:46) = U$8,7
5º dia – Passeio para Boca de Cote $400 b – (1:46) = U$8,7
6º dia – Passeio para Carenero $400 b – (1:46) = U$8,7
7º dia – Passeio para Cayo de água (repeteco) $400 b – (1:46) = U$8,7
8º dia – Passeio Minitour (repeteco) $300 b – (1:46) = U$6,5
9º dia – Passeio para bancos de areia $350 b – (1:46) = U$7,6
10º dia – Passeio para Isla Agustin $600 (fechamos o barco) b – (1:46) = U$13
Almoço em Isla Agustin (lagostas, ostras, ceviche de botuto, peixe e arepas) $350 b – (1:46) = U$7,6
Hotel Caracas Passeo lãs Mercedes $1250 b – (1:46) = U$27
2 taxis em Caracas $400 b – (1:46) = U$8,7
Janta Barsi (Restaurante Tailandês – Caracas) $700 b – (1:46) = U$15,2
Passeio Teleférico $65 b – (1:46) = U$1,4
Almoço $150 b – (1:46) = U$3,2
TOTAL U$701,70 – (1:2,29) – R$1607,00
%name %title

Instagram