Surfari | Retrospectiva Surfari 2014 Retrospectiva Surfari 2014 | Surfari

Retrospectiva Surfari 2014

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

Aviso: talvez você passe pelo site e redes do Surfari e note alguma falta de atualização. Pedimos desculpas, mas começamos esse negócio todo para poder trabalhar com o que gostamos e para poder surfar mais, como trabalhamos em um ritmo bem acelerado nesse ano, agora, até o dia 5 de janeiro vamos surfar. Nos revemos em breve galera, e obrigado pela compreensão. :)

2014 foi frenético. Certamente 2015 será tão produtivo e corrido quanto este ano que passou, “but what wild ride”!

É difícil contextualizar em palavras um dos períodos que mais nos causou mudanças, porque a maioria desses momentos são mais sentidos do que retratados, e é quase impossível descrever um coletivo tão complexo de sentimentos. De certa forma, colocar em palavras restritas é uma forma de redução. No entanto, uma das referências que nos foi apresentada este ano, o filósofo-poeta-pensador americano Jason Silva, retrata em um de seus vídeos-retórica, um pouco desse paradoxo de ser/estar e o viver no presente. Classificando a ‘Chatice Existencial’ como a dor antecipada que temos por saber que um dia iremos perder alguém que amamos ou que ficará apenas na memória uma passagem incrível de nossas vidas, Silva diz que perder é inerente ao ter e que essa é uma das premissas da vida sobre as quais não há como lutar. A solução para isso? Tentar viver sempre no limite da zona de conforto e estender ao máximo os momentos em que estamos plenamente felizes e satisfeitos. Não é algo fácil de se executar, mas se não tentarmos, estaremos sempre à margem de qualquer realização. Que em 2015 a gente consiga, mais que em 2014, estender o tempo de momentos bons e novas descobertas. Um brinde à grande vida!

Por freqüentemente estarmos dentro do conteúdo que criamos, muitas vezes não conseguimos separar o que é criação, do que é a criatura, do que é trabalho e do que é lazer. Sentimos que há uma métrica principal para medir o nosso sucesso, o tamanho do sorriso com que trabalhamos durante algum projeto. Felizmente, olhamos pra trás e vemos que esse sorriso esteve presente em muitos momentos, e como a felicidade só é real quando compartilhada, gostaríamos de apresentar a Retrospectiva Surfari 2014, com alguns dos principais marcos desse ano. Hope you enjoy!

Janeiro:

Surfari Na Neve

Lucas partiu para a primeira snowtrip da sua vida. Junto com os amigos Martim e Pedro, da Freebord, o Surfari produziu uma websérie que mostrava, em 4 episódios, como um surfista pratica pela primeira vez o snowboard. Um salve aos amigos e a Biarritz Turismo por proporcionar uma das primeiras experiências de trabalho vs. lazer vs. viagem.

Surfari Headquarters

Parece que faz mais tempo, mas no começo desse ano entrávamos em nossa primeira sede fora do apartamento do Duda, onde tudo começou. O Surfari Headquarters orgulhosamente feito por nós mesmos, com projeto e ajuda da arquiteta e amiga Andrya Kohlmann, e o vídeo da montagem retrata um dos momentos mais legais que já vivemos.

MECA Festival 2014 | Surfari Review from Surfari on Vimeo.

Fevereiro:

Surfari no MECA Festival

Enquanto o Lucas tava na França fazendo snowboard, o Duda reuniu a equipe e criou um espaço do Surfari no MECA Festival, na praia de Atlântida (RS). Fazendo uma conexão com a água para os presentes na farrinha, o clubinho do Surfari tinha boias, SUPs, bar flutuante e uma exposição de pranchas e histórias pra galera dar uma relaxada entre uma banda e outra. Obs.: O festival em si aconteceu em janeiro, mas bem no fim, então licença poética aqui pessoal.

Screen Shot 2014-12-29 at 4.50.37 PM

Março:

Madeirite Trópico

Com as águas de março fechando o verão, fomos assistir com nossos próprios olhos a terceira edição do Madeirite Trópico, evento que celebra as diferentes gerações que iniciaram e desenvolveram o surf no Rio Grande do Sul. Mesmo não tendo pais surfistas, foi muito legal compartilhar a ocasião festiva com amigos e famílias que sempre nos acolheram em suas casas e praias, sempre mantendo o surf no sul com aquela vibe de family affair. Em breve mostraremos um vídeo feito durante o evento.

Abril:

Desafio Surfari Uruguay

No mês de Páscoa, lançamos o Desafio Surfari Uruguay. Depois de diversas incursões ao litoral do país vizinho sentimos que estava na hora de estimular mais pessoas a conhecer essa cultura tão rica e de bem com a vida. Engajamos alguns patrocinadores na história e fizemos da República Oriental o país tema do evento que faríamos em dezembro, a Mostra Surfari Uruguay. Saudades UY, hasta pronto!


Maio:

Surfari Week in Review

No mês de maio criamos duas atualizações semanais e periódicas. O Surfari Week in Review veio inspirado em modelos de outros sites que sempre foram referências para nós, como o da revista Surfer e da Surfing, pois sempre recebemos e assistimos conteúdos muito bons relacionados a surf, skate, snow, viagem, atualidades etc. Não podíamos mais deixar passar essas obras apenas pela falta de tempo de entrevistar seus criadores ou criar uma resenha para esses conteúdos, e assim começamos a dividir.

Playlist da Semana Surfari

A Playlist da Semana Surfari surgiu também na ideia de dividir ao invés de guardar. Sempre pesquisamos muitas músicas para os vídeos e na correria do dia a dia, às vezes acaba faltando tempo para organizar as playlists de diversos momentos, por isso, veio mais um serviço de compartilhamento de informação.

Caminhos Livres II

Ao final do mês de maio, participamos da segunda edição do Festival de Rua Caminhos Livres, um projeto encabeçado pelos nossos amigos The Good Samaritans, que traz música, arte, gastronomia e esporte para espaços públicos e de forma gratuita. Participamos da captação de imagens do evento junto uma baita equipe organizada junto com o nosso parceiro Johnny Marco. Ripongagem das mais finas.

surfari copa

Junho:

Copa do Mundo

Copa do Mundo. Pause no Brasil. Durante a Copa, acabamos trabalhando mais com vídeos para terceiros e, é claro, curtindo uma das maiores festas do mundo. Nossos prazos é que não gostaram muito desse grande evento.

Julho:

Confiança GAP

E de repente, estávamos no centro-oeste do Brasil, a 3.000 km do Oceano mais próximo. Um trabalho comercial para uma empresa agropecuária bateu em nossa porta, e como a produção de conteúdo autoral sobre surf não é uma das atividades mais bem remuneradas do Brasil, embarcamos nessa jornada. Andamos mais de 5.000 km visitando os clientes da GAP, para gravar uma websérie bem pra frentex nesse meio rural. Nasciam assim, as histórias batizadas de Confiança GAP.


Agosto:

Surfari Na Semana Passada

Quando chegou agosto, já estávamos lá pela 15ª edição do Week in Review, e resolvemos dar uma inovada no formato. Começamos a gravar as notícias mais relevantes da semana numa espécie de telejornal itinerante. Nascia, assim, o Surfari Na Semana Passada, com uma fórmula super orgânica em que falamos as manchetes e depois apresentamos um esquete relacionado ao que fazemos durante o final de semana. Até agora foram 12 edições, com locações no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. Tudo bem vida real, com o roteiro criado, aprovado e gravado durante os próprios finais de semana. Em 2015 tem mais, e parece que virão novas locações por aí!

Setembro:

Novo Layout do Surfari

Depois de diversos testes e modificações, apresentamos no começo de setembro o novo layout e endereço do Surfari (www.surfari.me). Feito em parceria com nosso master webdesigner e pintor de paredes Lucas Brandão, o novo site ficou bonitão e mais fácil e dinâmico para navegar.

Fruki – O Valor do Tempo

Nesse mês também entregamos um dos últimos trabalhos comerciais que fizemos no ano, fomos desafiados pela empresa de bebidas Fruki a criar um vídeo que enaltecesse o aniversário de 90 anos deles e ainda os apresentasse como uma empresa jovem. Do texto à produção à captação à edição e finalização, esse foi um projeto 100% Surfari.

Outubro:

Surfari Gear

Com algum atraso (pois se tudo sempre desse certo a vida não teria emoção) apresentamos a segunda coleção do Surfari. Dessa vez, desenvolvemos junto a nossa estilista e parceira Eduarda Galvani dois modelos de camisas para homens e mulheres. A Coringa é uma camisa jeans básica e leve, para, assim como o nome, servir em qualquer ocasião, social ou casual. A Safari, tal qual o nome, é um modelo de sarja que remete mais a aventuras outdoor. Com um tecido inspirado nas bombachas de gauchos pamperos, essa é uma peça pronta para jornadas severas. Ainda temos modelos disponíveis, se quiser comprar o seu é só mandar mensagem pelo Facebook ou email para contato@surfari.com.br

Tipo Off/ Sonhando Afú

Com o passar de algumas semanas fomos adquirindo uma certa intimidade com a câmera… e perdendo gradativamente o senso do ridículo. Nesse momento, surgiram dois episódios de Surfari Na Semana Passada que curtimos muito fazer. O Tipo Off, onde pessoas não tão bonitas, surfistas não tão bons e ondas não tão perfeitas se encontram no litoral de Santa Catarina, e o Sonhando Afú, onde conhecemos as verdadeiras protagonistas do Canal Off (ou será que era sonho mesmo?).

Mangiare is back (almost)

Voltamos a gravar um dos shows que mais curtimos, o Mangiare, um vídeo-guia gastronômico de guerrilha, que apresenta receitas rápidas, fáceis e/ou baratas. Nesse primeiro episódio, o chef Vico Crocco preparou um combinado de arroz com legumes e curry muito fera. Em 2015, apresentaremos mais receitas.

Especial eleições

Há tempos pensávamos em uma forma de usar o vídeo para informar e facilitar o aprendizado sobre política para nós mesmos e nossos amigos. Com uma das eleições presidenciais mais acirradas das últimas décadas se aproximando, vimos que muita gente começou a se expressar sobre o assunto, muitas vezes sem embasamento. Chamamos nosso parceiro, Diego Gomes, para explicar a função dos principais cargos exercidos pelos nossos políticos.

 

Novembro: 

MIMPI Poa / RJ

Pelo terceiro ano participamos da cobertura oficial do maior festival de Surf e Skate do Brasil (e agora, da América Latina) o MIMPI Film Fest. Como fomos chamados pra fazer a cobertura de Porto Alegre e da estreia do festival no Rio de Janeiro, achamos que seria uma bela oportunidade de subir a costa de carro. O que nos levou ao outro highlight de novembro.

Trip Porto Alegre – Rio de Janeiro de carro

A desculpa era boa. Cobrir em vídeo o Mimpi do RJ. Lotamos o carro de coisas indispensáveis e fizemos aquelas viagens que já estavam a horas pedindo para serem riscadas da lista de viagens pendentes. Afinal, o caminho até a cidade maravilhosa pode ser tão maravilhoso quanto. Gravamos o Surfari na Semana Passada #10, um especial chamado “Na Correria”. Um daqueles vídeos que tem o poder de catalisar nossas memórias de uma viagem que teremos orgulho contar pros netos. União interessante entre lazer X trabalho e viagem.

El Surf Criollo

As chuvas caíram forte em uma terça-feira deste mês. Quarta, nosso amigo Ramon nos ligou e perguntou se não seria interessante aproveitarmos a situação para praticarmos um esporte até então conhecido como Horseboard. Na mesma linha (sem medo do ridículo) dos esquetes anteriores montados para os Surfaris na Semana Passada, gravamos o Surf Criollo. Mostramos o material para nosso amigo, parceiro e músico, Duca Duarte. Ele entendeu o recado e criou uma trilha sob encomenda em apenas 2 dias. O ska/milonga embala os tauras em uma mistura maluca entre o surf e o ambiente do Pampa.


Dezembro:

Mostra Surfari Uruguay

Chegamos ao nosso terceiro evento anual. Que vibe, que noite! Dia de receber e abrir a casa para os amigos. Nesse ano, a Mostra teve como tema o Uruguay e como atrações principais a premiação do Desafio Surfari Uruguay, arte e música ao vivo, assado de entrecot e cerveja gelada.

Surfari na TSJ

O Surfari, pela primeira vez, teve uma grande matéria publicada no veículo de mídia impressa mais relevante do surf, o The Surfer’s Journal Brasil. Há dois anos atuando como tradutor da revista, nosso editor Lucas Zuch escreveu a matéria a partir de uma entrevista que o Surfari fez com 4 pioneiros do surf gaúcho que viajaram de Kombi de Porto Alegre até a Califórnia no ano de 1976.

Todos os CEO’s do Mundo Deveriam Surfar

A partir da inquietação de nosso amigo Pedro Valério e da equipe da Amcham Porto Alegre, começamos a desenvolver um roteiro que fizesse o paralelo entre o mundo corporativo e o mundo do surf. Após alguns brainstorms chegamos à conclusão que empreendedores e surfistas tinham bastante em comum, pois são corajosos, desprendidos e arrojados. Mas acima de tudo, porque tentam encontrar o equilíbrio em um ambiente instável.

Gabriel Medina campeão

Esse fato dispensa maiores comentários. Obrigado Gabriel! Esperamos que agora, sem a pressão de termos um campeão mundial, todos nós nos concentremos mais nos aspectos culturais do surf. Vida longa ao surf nacional!

 

Instagram