Surfari | Trampos inspiradores – Projeto Return Trampos inspiradores – Projeto Return | Surfari

Trampos inspiradores – Projeto Return

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

Planejar surf-trips, comprar passagens (ou calcular a gasolina), programar hospedagem e pesquisar sobre as ondas do pico destinado exige tempo, esforço, objetividade e dinheiro. Todo surfista já almejou deslizar nas melhores ondas, buscar novas experiências com a cultura local e usar (e abusar) de tudo o que a natureza e a cidade o proporcionam.  Mas, o que é deixado de agradecimento aos locais e a cultura?

Essa relação de falta de reciprocidade foi percebida pelos três amigos Angel Mirapalheta, Cassio Tramontini e Diego Polly, que sentiam-se inquietos e incomodados com isso. Eles desejavam ser a mudança que tanto queriam ver no mundo. Foi então, que a semente do senso coletivo começou a brotar na cabeça deles e criaram o Projeto Return.

Com o propósito de devolver à natureza tudo o que lhe é retirado, o projeto possui cunho social, que visa trabalhar a consciência ecológica e construir uma cidadania através da realização de “Manifestos” em diferentes locais. Interpretar os problemas da comunidade, identificar o que pode ser melhorado, colocar a mão na massa e inspirar as pessoas a realizar ações em prol de um mundo melhor são os princípios de Angel, Cassio e Diego.

ManifestoReturn_Surfari

O primeiro Manifesto foi realizado com os moradores da Ilha da Pintada, localizada em Porto Alegre. A Associação dos Amigos Artesãos e Pescadores da Ilha da Pintada (AAAPIP), a qual trabalha com crianças, adolescentes e famílias carentes foi a escolhida para receber o devido retorno. Por ser uma ilha, o sustento principal dos locais é baseado, principalmente, nas águas do Rio Guaíba.

Diversos dejetos como garrafas Pet, metais, madeiras e inúmeras sacolas se concentram ao longo da margem, impedindo o fomento da qualidade de vida dos moradores. Identificando esse problema, os “inquietos” enxergaram a possibilidade de usar esse lixo como matéria prima para desenvolvimento de pranchas de Stand Up Paddle. Idealizado por Jairo Lumertz, o projeto “Prancha Ecológica” foi conectado ao Manifesto. Um rápido adendo, o projeto de Lumertz  já inseriu o esporte na vida de mais de 5 mil crianças, além de terem realizado diversas oficinas, retirando mais de 7 mil garrafas poluentes da natureza. Por esse potencial de transformação e através do embaixador do “Prancha Ecológica” na AAAPIP, Leando “Raí”, o Manifesto da Ilha da Pintada, ensinou 140 crianças sobre reciclagem e educação ambiental, além introduzi-las a um novo esporte, o SUP.

Return_Surfari(01)

Return_Surfari(03)

Return_Surfari(03)

 

return - surfari

O Manifesto Porto Alegre tirou do papel todo esse desejo de inquietação e de mudar o mundo que os três sentiam. Foi o primeiro de muitos outros Manifestos que estão por vir. Confira o primeiro Manifesto:

 

Manifesto Porto Alegre | Ep1- Sustentabilidade from Return Project on Vimeo.

 

Como colaborar com o projeto?
Se você souber de alguma comunidade carente que necessite de materiais, entre em contato com o Return através das redes sociais ou do email: contato@returnproject.cc e eles farão o possível para suprir essas necessidades a curto prazo.

No meio jurídico, o Return desenvolve projetos de acordo com os desafios e soluções que a empresa apresenta. Através das mídias de comunicação online e offline, possibilitam que as empresas utilizem de forma orgânica o marketing que dará retorno de marca.

“Com as nossas atitudes, podemos encantar e inspirar as pessoas a agir em prol de um mundo melhor.” (Angel)

 

Entrevista e introdução: Andréia Sabino

Instagram