Surfari | Pioneiros do Surf em Santa Catarina (Ep. 2) Pioneiros do Surf em Santa Catarina (Ep. 2) | Surfari

Pioneiros do Surf em Santa Catarina (Ep. 2)

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

No início deste ano, o jornalista e criador multimídia Luciano Burin deu vazão a um material histórico que remete a trajetória de alguns dos pioneiros do surf em Santa Catarina. Os rolos de super-8mm de Lars Kreuger chegaram a ele durante sua pesquisa para o filme ‘Pegadas Salgadas’, documentário que retrata a ligação entre o surf e o desenvolvimento socioeconômico de Florianópolis. Na série de 7 episódios, Luciano nos mostra o desbravamento dos principais picos do estado e os aguerridos surfistas que os desbravam em épicos surfaris.

Pioneiros do Surf em Santa Catarina – ep. 2 from Surf & Cult on Vimeo.

No segundo episódio da série “Pioneiros do Surf em Santa Catarina“, Lars Kreuger e Fernando “Marreco” Moniz chegam à ilha de São Francisco do Sul, na Baía da Babitonga, litoral norte do estado, cidade histórica considerada a terceira mais antiga do Brasil, e hoje importante região portuária.

Apesar das ondas fracas, eles curtem um belo dia de sol na, então deserta e paradisíaca, Prainha. Nenhum outro surfista à vista, uma cena quase impossível nos dias atuais. “Nós deixávamos a câmera armada no tripé e de vez em quando um de nós saía e fazia algumas imagens do outro, sem nenhum perigo de roubarem o equipamento, pois só havia nós dois no lugar”, lembra Marreco.

Lars Kreuger em busca de tubos em São Francisco do Sul.

Lars Kreuger em busca de tubos em São Francisco do Sul.

A websérie “Pioneiros do Surf em Santa Catarina” resgata, na íntegra, o acervo de Fernando Moniz e Lars Kreuger produzido entre 1973 e 1976, que trazem alguns dos primeiros registros de surf no litoral catarinense. Marreco conta que as imagens em super 8mm foram capturadas com uma câmera alemã Bauer emprestada, e que o filme original foi todo editado “com tesourinha e fita durex”, num processo que levou meses para ser concluído.

Texto e vídeos por Luciano Burin, editor do Surf & Cult.

Intro por Lucas Zuch.

Instagram