Surfari | Ondas sonoras de Bon Iver Ondas sonoras de Bon Iver | Surfari

Ondas sonoras de Bon Iver

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

A primeira vez que ouvi o som de Bon Iver foi num clipe que o surfista Junior Faria editou com umas ondas em câmera lenta no Peru utilizando a faixa “Blood Bank” como trilha. A partir daí, esta música ficou meio que grudada na minha mente e não parou de tocar nos meus ouvidos quando eu mesmo embarquei pra conferir as ondas peruanas em Lobitos poucas semanas depois.

Na ativa desde 2007, a carreria de Bon Iver (apelido de Justin Vernon) decolou nos últimos tempos, conquistando prêmios e fama e também passou a servir de trilha sonora para diversos outros videoclipes relacionados com o mundo do surf. Mais do que isso, o artista/banda passou a exercitar a sua própria veia cinematográfica, alimentando constantemente o seu canal oficial no Youtube com vários videoclipes de alta qualidade artística, às vezes com mais de uma versão para cada música.

Como surfista é muito legal perceber que o mar e suas ondas são protagonistas constantes nessas produções audiovisuais e complementam com perfeição as atmosferas hipnóticas e relaxantes emanadas pela música de Bon Iver.

No recente vídeo da faixa “Wash” (Deluxe) temos um apanhado de imagens despretensiosas captadas pelo próprio Justin Vernon com uma câmera aquática em mergulhos num mar storm em uma praia da região de Byron Bay, na Austrália – um dos picos de surf mais famosos da terra dos cangurus.

Apesar de alguma pesquisa, confesso que posso apenas especular se Justin Vernon de fato pega ou já pegou onda com uma prancha de surf, ou mesmo se ele se aventura com frequência no bodysurf. Mas o fato é que assistindo a estes vídeos, fica claro que a sua música se encaixa com beleza e propriedade aos movimentos do oceano.

Texto e concepção por Luciano Burin.

Postado originalmente em Surf & Cult.

Instagram