Surfari | Mão Na Massa #4 – Como consertar uma prancha Mão Na Massa #4 – Como consertar uma prancha | Surfari

Mão Na Massa #4 – Como consertar uma prancha

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

Mão Na Massa é a seção “faça você mesmo” do Surfari.

Em sociedades onde qualquer tipo de mão de obra é cara, por exemplo, as habilidades manuais possuem importância muito grande, pois permitem que você tenha objetos ou desempenhe atividades mesmo sem ter muito dinheiro. Por isso, acreditamos que ao fazer as coisas com as próprias mãos, além de economizar dinheiro para gastar em coisas mais importantes que produtos, tem a função de te desconectar da hipnose online que vivemos quase 24h por dia. Por isso, Mão Na Massa!

Uma das maiores aflições de qualquer surfista é quebrar a prancha e ficar impossibilitado de surfar. Outra das maiores aflições de qualquer surfista é gastar dinheiro. Qualquer que seja o reparo que uma prancha precisa, isso vai te custar o suficiente para investir num bate-volta, num livro, em várias refeições ou qualquer outra coisa que você agregasse mais valor ao investir. Por isso, resolvemos te ensinar a consertar sua própria prancha. Aprendendo esse processo, você não apenas se torna mais autosuficiente, quanto salva grana para a próxima trip e, de quebra, entende que o cara que vai consertar sua prancha não está te extorquindo, porque o processo é um bocado complexo.

Mas, como nunca ninguém disse que ia ser fácil, vamos aos materiais que serão necessários e o passo a passo para a sua independência surfística. Usando uma analogia empírica, saber consertar a própria prancha é como aprender a dar pontos em si mesmo, por isso, preste atenção para resolver um problema (e não criar outro).

Você vai precisar de:

– Lixa 80, 120, 220 e 400

– Tecido (fibra de vidro)

– Solução de laminação (Mistura de resina com monômero)*

– Solução de coat (Mistura de resina com solução de parafina)*

– Catalisador

– Espátula ou palito de picolé

– Fita adesiva

*Se você está se perguntando onde diabos vai encontrar essas soluções, fique tranquilo, o Surfari Gear está (quase) aí para te ajudar. Estamos preparando o kit completo de surf conserto e dentro de alguns dias ele estará disponível no e-commerce. Se não puder esperar, peça para o seu shaper.

ETAPA 1 (Lixa): 

1. Lavar a área com água doce e esperar secar;

2. ‘Abra’ o machucado-ding-batida-quebrado-como-quiser-chamar com a lixa 80 (mais grossa);

ETAPA 2 (Laminação):

3. Corte 2 pedaços de tecido para cada ding (um maior, outro menor);

4. Adicione 15 gotas de catalisador para cada 100g de solução de laminação (e misture);

5. Aplique uma fina camada de solução sobre o ding para colar o tecido, aplique o corte maior de tecido, dê uma nova camada de solução, aplique o corte de tecido menor e cubra com uma terceira fina camada de solução;

6. Espere secar totalmente (mínimo 3 hrs).

ETAPA 3 (Coat):

7. Adicione 15 gotas de catalisador para cada 100g de solução de coat (e misture);

8. Aplique uma fina camada da solução e espere secar (mínimo 1hr);

9. Dê uma polida na área com a lixa 120;

9. Isole a área do ding com fita adesiva para evitar sujeira;

10. Repita o passo 8. e aplique uma fina camada da solução e espere secar;

ETAPA 4 (Acabamento):

11. Remova a fita e use a lixa 220 para começar a desbastar a resina (principalmente na borda das fitas que costuma acumular mais resina);

12. Use a lixa 400, sempre lixando com água, para dar o acabamento final no conserto.

Instagram