Surfari | Guess the Spot apresenta: Santa Catalina, Panamá Guess the Spot apresenta: Santa Catalina, Panamá | Surfari

Guess the Spot apresenta: Santa Catalina, Panamá

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

Panamá, país localizado na América Central, em divisa entre os oceanos Pacífico e Atlântico, conhecido pelo famoso canal marítimo que proporciona de uma ponta à outra, acesso aos dois maiores oceanos do mundo.
%name %titleDispondo de um contexto histórico-político muito ligado à movimentos separatistas e golpes militares, hoje em dia o país é uma das referências do surf na América Central, possuindo grande diversidade de ondas, com opções consistentes em seus dois litorais.

Dirigindo duas horas, você é capaz de partir de um pointbreak do lado pacífico, para um reefbreak na costa caribenha. Isso sim é flexibilidade. Apesar da variedade de ondas e das paisagens deslumbrantes, o Panamá ainda tem muito a ser descoberto e visitado por turistas e surfistas. Menos desenvolvido do que a vizinha Costa Rica, por exemplo, o Panamá oferece boas opções para bolsos mais rasos e almas mais intrépidas. No entanto, o recente aquecimento da especulação imobiliária e a expansão do movimentado Aeroporto Internacional Tocumen, estão rapidamente mudando este panorama.

%name %title

Triângulo panamenho. Fonte: magicseaweed.com

Entre o vasto leque de opções para o divertimento dos surfistas, a onda de maior destaque é Santa Catalina, um pointbreak de extensas direitas (e ocasionais esquerdas) que filtra qualquer direção e tamanho de swell, proporcionando ondas consistentes o ano inteiro. Considerado um dos melhores picos da América Central, em 2010, Santa Catalina foi palco do campeonato ISA World Masters e surfada por profissionais e lendas do calibre de Tom Curren.

%name %title

Santa Catalina. Foto: Lucas Zuch

Direção da ondulação: Sul/Sudoeste.

Melhor época para o surf: maio à outubro.

Traje apropriado: água quente o ano todo.

Surfing in Santa Catalina, Panama from aimsports tv on Vimeo.

Confira matéria completa do Surfari, feita por Lucas Zuch, em sua viagem para ao Panamá.

Texto: Cássio Cappellari

Instagram