Surfari | Elas pelo Mar por Marcelo Turtle Elas pelo Mar por Marcelo Turtle | Surfari

Elas pelo Mar por Marcelo Turtle

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

No mês de outubro, resolvemos dedicar maior atenção às meninas e aos trabalhos que as envolvem. Pensando nisso, conversamos com o fotógrafo aquático de Niterói, Marcelo – o Turtle – criador do projeto “Elas pelo Mar”.  Tendo o objetivo de retratar meninas surfistas com restrito apelo de mídia, Turtle nos contou um pouco de sua trajetória e sua inspiração para desenvolver e valorizar as mulheres no surf.

surfari-marcelo-turtle-11


Surfari: Quando começou a se dedicar à fotografia aquática? Como foi este início?
Marcelo Turtle: Comecei na fotografia aquática 4 anos atrás. O início foi bem complicado, pela falta de conhecimento, equipamentos e pela dificuldade que a onda de Itacoatiara, Niterói, traz aos surfistas e aos que se aventuram dentro d’agua como eu.

Surfari: Como é ser o contato principal de alguns atletas com fotografias aquáticas?
Marcelo Turtle: É realizador. Sempre é muito gratificante quando sou chamado para algum trabalho, viagem ou uma simples ida à praia para uma sessão de fotos com os atletas. Sempre consigo um material muito bom com eles, pela facilidade que possuem, além da experiência que trazem de anos de surf e de vida.

surfari-marcelo-turtle-09

surfari-marcelo-turtle

Surfari: Você leva consigo algumas frases em taitiano, americano e havaiano como lema para sua vida. Esses países te representam alguma coisa especial? Por que estas frases são marcantes para você?

Marcelo Turtle: Os países marcam mais pelas ondas. Picos como Mavericks, na Califórnia, Teahupo no Tahiti, Pipe e Jaws, no Hawaii, possuem uma força de espiritualidade indescritíveis. As ondas em seu auge, conseguem mostrar mais que esporte e mais que arte. Elas podem transmitir ensinamentos e, mais profundamente para quem se permite, sentimentos. Por isso, levo essas expressões tão a risca, acho que elas são uma pequena tradução do que podemos aprender com o Oceano.

surfari-marcelo-turtle-05

Surfari: Conte um pouco mais sobre seu projeto “Elas pelo Mar”. De onde surgiu a ideia de fotografar meninas surfistas com pouco apelo na mídia? Qual o principal intuito do projeto?

Marcelo Turtle: Essa ideia veio pelo fato de as meninas sempre estarem em segundo plano na praia que frequento. Os homens sempre se deram melhor, até pela dificuldade das ondas e pelo maior incentivo no esporte. Mas vejo que não é assim, as mulheres são superiores aos homens em diversos aspectos, elas merecem espaço e incentivo a altura. Dessa forma, pensei no projeto como inclusão das meninas na mídia para incentivo as mesmas e as outras garotas que não praticavam esportes.

surfari_marcelo-turtle-10

 Surfari: Pretende levar o projeto para outros estados também?

Marcelo Turtle: Olha, inicialmente eu gostaria muito. Contudo, não houve o investimento necessário para viagens. Mas fico contente em ver que diversos outros grupos já foram formados após a ideia que tive, e parece que vem dando certo. As meninas estão mergulhando de cabeça e botando pra baixo.

Surfari: Acredita que o surf feminino possa ser mais valorizado com atitudes como a sua?  

Marcelo Turtle: Acredito sim. Quanto mais visibilidade, mais valor os patrocinadores dão aos surfistas. Então incluindo elas na mídia, com certeza. Logo veremos diversas surfistas brasileiras carregando a bandeira nas competições pelo mundo. Assim como acontece com o surf masculino.

surfari-marcelo-turtle-04

surfari-marcelo-turtle03

Surfari: A maioria das suas fotos  contam com a presença da serenidade da praia com o mar, além do lado feminino das surfistas, não apenas da performance. Esse é um conceito que utiliza ao realizar seus ensaios? 

Marcelo Turtle: Utilizo bastante, pois somente as mulheres conseguem demonstrar a sutileza dos detalhes e realçar as belezas do mar. É incrível a variedade de possibilidades que aparecem nos trabalhos com as meninas, há diversas ideias que com os homens seriam mais difíceis de concretizar. 

 Surfari: Como é definido seu estilo nos ensaios? 

Marcelo Turtle: Gosto muito de fotografar lifestyle, acho que mostra bem como as pessoas que não praticam esportes podem viver e que isso esta ao alcance delas. E me amarro na ação dentro d’agua. 

surfari_marcelo-turtle-09

Surfari: Como as empresas podem contribuir com seu projeto? 

Marcelo Turtle: Além dos investimentos financeiros, as empresas podem proporcionar às meninas de todos estados ou praias melhores condições de surf, com pranchas e materiais para o esporte. Uma alternativa também é o incentivo às escolinhas de surf, que são responsáveis por criar a base de surfistas. Por fim, iniciativas como esse entrevista colocam cada vez mais as meninas na mídia, que é o que proporciona a maior visibilidade para mais pessoas, fazendo com que o esporte cresça.

 Surfari: Como as meninas podem entrar em contato com seu projeto?

Marcelo Turtle: Através do meu email, ou redes sociais: turtlefotos@hotmail.com
Facebook: Marcelo Turtle
Instagram: @turtlemarcelo

Quer ser fotografada e participar do projeto, ou tem interesse em patrocina-lo? Entre em contato com ele 😉

Instagram