Surfari | Chile 2010 (ou A Indonésia no Congelador) Chile 2010 (ou A Indonésia no Congelador) | Surfari

Chile 2010 (ou A Indonésia no Congelador)

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

A história por trás do presente de aniversário surpresa:

// GUI:

Eu nunca entendi direito a midiatização da vida. Não que eu ficasse à margem dessa história, não. Também registrei momentos em que bastava estar presente, ali. Mas as pessoas gravam essas memórias por um motivo. E eu acredito que não seja para deixar esquecido no canto de um HD.

chile-surfari-surftrip-surf-roadtrip-argentina-1024x682

// ZUCH

Como todo produtor-de-conteúdo-geração-y tenho mais ideias do que braços pra executar. Já me acostumei com essa ideia, passei do estágio da negação. Me agarro na reconfortante ideia de que um dia todo esse material gerado vai, tal qual um bom vinho, ganhar contrastes saborosos e as imperfeições da imaturidade serão suprimidas pelo entusiasmo do tempo entre a produção e o destampar da rolha. Não esperava que o vinho, o saca rolhas e a taça para saborear uma safra chilena de 2010 iriam me ser presenteadas 6 anos depois. Como diriam no idioma espanhol, me rompió el culo quando Gillerme Becker deu o play no seu presente de aniversário pra mim. O Millenial investira o precioso tempo em que poderia estar escrevendo poesias, músicas ou encantando pessoas com seu charme de Richard Gere na puberdade. Não desistam, o mundo tem solução.

 

chile-surfari-surftrip-surf-camping-carro-1024x682//GUI

Ir ao Chile de carro exige um brilho no olho que poucos tem. Eu nunca fiz essa trip, nem perto. Mas quando vi aquelas 3-horas-de-fita.avi paradas no tempo, virgens de edição, aí eu tive que viajar junto. Entrei na barca 6 anos depois. Um surf safari de raiz como esse não podia ficar engavetado. Ele tem que voltar pra estrada, pra rede, pros olhos de quem não viu.

chile-surfari-surftrip-surf-culinaria-comida-1024x768

// ZUCH

Quando percebi o que estava passando na tela, e que realmente eu e meus amigos tínhamos, com 21 anos na cara cheia de colágeno, atravessado a cordilheira dos Andes pra surfar no litoral do Chile, fiquei embasbacado. Fui tomado por uma descarga de vida, como se recarregasse a bateria para entrar novamente na busca incessante pela utopia. E, de fato, não é fruto da qualidade das imagens (todas sem tripé e com uma câmerazinha muquirana), mas pela lembrança da inocência, da gana, do foda-se à zona de conforto. Muita gente não gosta de fazer aniversário ou revirar arquivos antigos por se sentir mais velho ou nostálgico. Bem, o que eu tenho a dizer sobre isso é: busca o horizonte. A cada memória visitada lembramos o quão boa é a nossa vida, e a cada aniversário ganhamos mais um ano de memórias. Obrigado Gillerme por me lembrar disso.

chile-sul-roadtrip-surfari-surftrip-1024x694

chile-surfari-surftrip-surf-ondas-surf-1024x682

Instagram