Surfari | Bella Vita Bella Vita | Surfari

Bella Vita

É impossível começar a falar sobre Jason Baffa, sem lembrar que ele é o criador de duas obras seminais do gênero “filmes de surf”: “Singlefin Yellow” e “One California Day“, dois documentários que reúnem boas ideias, bons personagens, fotografia caprichada e insights poéticos, formando narrativas inspiradoras.

Agora, o produtor e diretor norte-americano está prestes a finalizar a sua trilogia audiovisual de surf  independente com uma obra chamada “Bella Vita“, um documentário focado na cultura surf da Itália, utilizando o resgate das raizes italianas do talentoso surfista australiano Chris Del Moro como fio condutor da história.

Nos caminhos percorrido por Baffa, temos um roteiro inspirador de paisagens recheadas de cultura e história no Mar Mediterrâneo, ao qual se juntam outros nomes relevantes como Dave Rastovich, os irmãos Coffin, e uma safra de expoentes locais, como Leonardo Fioravanti e Alessandro Ponzanelli .

Rodado em película 35mm, o filme longa-metragem entra agora em fase de finalização, e Jason lançou esta semana uma campanha de financiamento coletivo no site Kickstarter, para conseguir concluir este processo crucial da obra com a qualidade desejada (e que ela merece).

Em entrevista por email, ele contou ao Surf & Cult detalhes desta produção, cujo resumo você confere a seguir:

A ideia: 

“Encontrei Chris del Moro por acaso em Bali e trocamos umas ideias sobre a fantástica e ainda pouco conhecida sub-cultura do surf na Itália. Daí ele falou desta ideia do filme, e confiou a mim esta história pessoal de sua conexão com a Itália”.

As ondas na Itália:

“Tem ondas bem divertidas na Itália, mas você tem que ser extremamente paciente e persistente para se dar bem. O potencial para ondas exepcionais está lá, mas pode significar a busca de toda uma vida, pois são tantos fatores envolvidos que precisam se alinhar. Todos os surfistas locais nos apoiaram bastante. Eles queriam mostrar ao mundo o quão bom pode ser o surf italiano”.



Desafios e Recompensas de filmar em 35mm:

“As câmeras são grandes e pesadas e mover-se pela praia era uma verdadeira empreitada. Mas assim que você assiste à uma tomada aquática em filme de 35mm de Dave Rastovich ou Conner Coffin executando um cutback em super câmera lenta, todas as dificuldades são rapidamente esquecidas. O visual é incrível. A pelicula simplesmente captura o movimento da água de um jeito tão bonito”.

Financiamento Coletivo:

“Eu sinto que o meu público merece uma certa qualidade de produção. Não quero lançar uma porcaria de projeto. Infelizmente os projetos de filmes de surf não geram muito retorno financeiro, então eu sou deixado em um mundo onde sinto que a produção merece um certo orçamento para ser boa, mas que torna difícil conseguir esse dinheiro de volta”.

“Um website como o Kickstarter permite ao público dizer: ‘Sim, nós gostamos disso! Nós queremos isso!’Através do apoio do público nós conseguimos acessar estes recursos adicionais para fazer as coisas ficarem realmente boas”.


Se você quiser ajudar Jason Baffa a finalizar Bella Vita, você tem até o dia 18 de maio para contribuir com o projeto clicando aqui. / crédito fotos: maffei & rugai – divulgação Bella Vita.

Instagram