Surfari | Alma da Prancha | O Primeiro Romance Alma da Prancha | O Primeiro Romance | Surfari

Alma da Prancha | O Primeiro Romance

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

A exposição ‘Alma da Prancha’ tem como objetivo expor histórias especiais entre o surfista e sua prancha. Seja naquela sessão, naquele tubo, naquela surftrip, ou naquele simples fato. Queremos dar oportunidade à todos nossos seguidores de participar conosco, revivendo e compartilhando bons momentos junto àqueles instrumentos que nos trazem tantas alegrias. Afinal, recordar é viver.

Clique aqui e saiba como participar.

Hot Roc – O primeiro romance

Shaper:  Mac

Proprietário: Henrique “Ogro” Perrone

Introdução: Eduardo Linhares da Silva

Texto: Henrique “Ogro” Perrone

%name %title

Mais conhecido como “Ogro”, Henrique Perrone encontrou na garagem da sua casa, durante uma viagem para Austrália, a inspiração para iniciar uma busca por shapes de surf diferentes e artesanais. Digamos que foi com ela que Ogro perdeu a virgindade, se apaixonou, e até hoje mantém uma relação estável. Ele nos conta os detalhes sórdidos deste romance.

“Essa prancha possui uma história engraçada. Na época em que vivia na Austrália, uma pessoa que morava comigo achou ela na areia, como se viesse boiando até a beira d’água em um final de tarde. Ele trouxe para casa e deixou na garagem para alguém que quisesse usar “o tocão’” algum dia.

Ela tinha uma grossa camada de tinta branca no fundo, escondendo tudo, inclusive o logo. Quando eu vi, me apaixonei, limpei a tinta branca do fundo, lixei e consertei os quebrados. Comecei a usá-la em diferentes sessões, cada vez mais fui percebendo o quão incrível era o que estava debaixo dos meus pés. Aprendi muito com ela, que apesar de ser um clássio “toco”, até tinha um shape bem moderninho para época em que foi feita, bem no início dos anos 70.

Me abriu muitas portas em lugares com localismo, como em North Narraben, por exeplo. Todos que olhavam para aquela prancha na beira da praia, já abriam um largo sorriso. Fui para Indonésia na sua companhia e me senti no filme Morning of the Earth, deslizando por Uluwatu em um fim de tarde mágico. Essa é a nossa história, assim nos encontramos e estamos juntos desde então.”

Lindo né?

Instagram