Surfari | 15 fotos analógicas por Marcos Ribas 15 fotos analógicas por Marcos Ribas | Surfari

15 fotos analógicas por Marcos Ribas

Surfari
Vivemos, respiramos e amamos o que fazemos

Máquina de escrever. Fax. Disquete. Câmera de filme. Objetos cuja existência foi condenada pelo atropelo da inovação e da tecnologia. Ninguém tem tempo pra esses dispositivos analógicos que não respondem ao estímulo do dedo em um milésimo de segundo. Relegados à condição de artefatos hipsters por quem vê outras pessoas insistirem em querer sujar as mãos de tintas, de químicos ou de impaciência com a não-resposta, esses objetos (e seu uso) representam a última ponte entre os dias de hoje e o nosso obscuro, e não tão distante, passado. Aqueles que insistem no absurdo de renegar algo mais novo, mais instantâneo, não deveriam ser taxados de alternativos ou diferentes, mas de paleontólogos da Idade Contemporânea. O tema desta seção são as fotos analógicas sacadas por aqueles que insistem no absurdo, e transformam essa insistência em arte.

Para iniciar a seção de fotos analógicas, convidamos Marcos Ribas, filmmaker, diretor de fotografia, sócio da Bulletree Filmes, all-around good viber, de Balneário Camboriú (SC), para abrir os trabalhos e expor 15 de suas fotos preferidas. Para mergulhar mais no trabalho de Marcos, acompanhe os belíssimos vídeos da Bulletree, no Vimeo deles.

Surfari: Qual o feeling te traz as fotos analógicas?

MR: Fotografar de maneira analógica para mim é reviver uma coisa que não tive a oportunidade de experenciar. Como Diretor de Fotografia, já cresci na era digital do cinema, não tive contato com película, 35mm e 16mm, o mais próximo disso foi Super8 e já foi emocionante. Filme é processo, é pensar, compor e acreditar. Tenho sim uma queda pela textura, pelo render orgânico da luz na emulsão virgem, mas é muito mais o processo e o exercício. Me faz ser melhor e mais cuidadoso, e isso se traduz no meu trabalho como Cinematógrafo.

Surfari: Qual a diferença entre pensar uma foto analógica e uma digital?

MR: A fotografia analógica exige um respeito muito maior do próprio fotógrafo. Filme bom é caro, difícil de achar e a revelação/digitalização está virando uma arte perdida. Eu, particularmente ,clico muito pouco, penso e tento compor, ter certeza do foco e enfim, disparo. Todo esse cuidado você acaba levando para outros aspectos da sua vida. Não contesto a fotografia digital de maneira alguma, mas como fotógrafo still acho que ainda não cheguei aonde quero em relação a estética, composição, felling e tudo mais, estou longe. O analógico me ajuda nessa busca, possivelmente eu acabe migrando pro digital em um futuro próximo. Até lá, quero ter uma filosofia bem consolidada em relação ao meu estilo fotográfico, a maneira com que quero registrar a vida ao meu redor e a minha própria vida. Enquanto isso sigo no sofrimento alegre do analógico!

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-1

Mentawaii – Indonésia – Pentax ME Kodak ColorPlus 200

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-2

Urubici SC/Brasil – Leica R5 – CineStill 800 Tungsten

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-3

Ouro Preto/MG –Brasil – Leica R5 – Kodak Ektar 100

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-4

Ouro Preto/MG –Brasil – Leica R5 – Kodak Ektar 100

Amsterdã - Holanda - Pentax ME – Kodak Ektachrome 160T Xpro

Amsterdã – Holanda – Pentax ME – Kodak Ektachrome 160T Xpro

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-6

Psicodália SC/Brasil – Leica R5 –Na foto as lentes 16mm f/2.8 – 35mm f/2 – 24mm f/2.8

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-7

Psicodália SC/Brasil – Leica R5 – Kodak Portra 160

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-8

Urubici SC/Brasil – Leica R5 – Kodak Ektar 100

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-9

MIMPI Rio de Janeiro – Leica R5 – Kodak ColorPlus 200

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-10

Death Valley USA – Pentax ME – Kodak Ektar 100

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-11

Yosemite Park USA – Pentax ME – Kodak Ektar 100

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-13

Yosemite Park USA – Pentax ME – Kodak Ektar 100

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-14

Urubici SC/Brasil – Leica R5 – Kodak Ektar 100

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-13

Roma – Itália – Leica R5 – Kodak Portra 400

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-14

Roma – Itália – Leica R5 – Kodak Portra 400

marcos-ribas-fotos-analogicas-bulletree-filmes-surfari-15

anta Monica/CA USA – Leica R5 Kodak Ektar 100

Instagram